Gravidez semana a semana: saiba tudo passo a passo

Tempo de leitura: 19 minutos

Olá mamãe! Tudo ok com a gestação e com o seu bebê!

Espero muito que sim ☺

Estive pensando sobre as mudanças que acontecem tanto no feto como no corpo da mulher durante a gravidez semana a semana. E entendo que seja importante passar informações relevantes a você que está grávida, mas que também podem ser úteis para a mulher que pretende engravidar.

Pensando assim, fiz esse artigo com muito carinho para mostrar o que acontece durante os 9 meses de gestação. Quais são as mudanças presentes mediante as semanas da gravidez, além de quais elementos especificam um bom desenvolvimento do feto.

estagios da gravidez semana a semana

É essencial, visto a correria do cotidiano, que a mamãe esteja de olho nas alterações que o corpo venha a sofrer, bem como possíveis dores e incômodos que possam surgir. Ainda, é necessário que você descubra quais hábitos podem comprometer o desenvolvimento benéfico do seu bebê, que é tão aguardado.

Estas informações podem servir como um guia, que a ajudará a compreender como vai a sua gestação. Vamos lá?

1º mês de gravidez

No primeiro mês de gravidez, ou seja, nas primeiras 8 semanas, o bebê é um embrião, que tem o início da formação de pulmões e coração. Além disso, também começam a ganhar formato o tubo neural, que posteriormente será o cérebro, bem como a medula espinhal. Ao final do primeiro mês, o embrião já tem 9 mm e 0,5 g; o coração passa a bater no 25º dia.

É essencial neste início de gestação que você comece a fazer exercícios físicos, pois estes auxiliam e muito na saúde da mulher. Mas claro, antes de começar qualquer prática física, converse com o seu médico sobre quais atividades que pode fazer.

Se você ainda não está grávida, mas tem em mente esta pretensão, já inicie o consumo de Vitamina B ácido fólico com o objetivo de amenizar os efeitos que podem acometer o cérebro e medula espinhal. Sendo assim, é essencial analisar com o médico sobre o propósito que tem de engravidar e quais medidas pode tomar para realizar este processo com saúde, pois no primeiro mês acontece a formação de todos os órgãos do bebê.

Ainda, compreenda que nas primeiras semanas de gravidez são os dias em que todos os seus atos refletirão na saúde da criança que guarda dentro de você. Portanto, não fume, para o bem do seu filho. Siga uma dieta saudável, além de cuidar do seu estado emocional, para que o começo da gestação não tenha nenhum problema.

Portanto, assim que você estiver grávida visite o médico e já realize um exame de pré-natal. Consuma alimentos naturais, tais como: grãos, frutas, cereais, carnes e produtos lácteos. Confira este artigo que falo somente sobre alimentação na gravidez (clique aqui).

Ainda, continue o consumo com ácido fólico durante o segundo e terceiro mês para que não existam problemas relacionados a defeitos congênitos; tome muita água, suco de frutas ou leite.

gravidez do 1 a 3 mes

2º mês de gravidez

No segundo mês de gestação todos os sistemas e principais órgãos do bebê estão formados, porém não se desenvolveram por completo.

A placenta, principal responsável pela conexão de nutrientes que passam do corpo da mãe para o do bebê, bem como tudo o que produzido pelo bebê já são evidenciados e portanto, já funcionam.

Nesta etapa formam-se as orelhinhas, pálpebras e tornozelos, além dos dedos dos pés e das mãos. Ao final deste segundo mês, já dá para ter uma ideia do feto como pessoa e este já mede 4 cm e 5 gramas.

Neste período da gestação o seu corpo já apresenta algumas mudanças. Os seios estão sensíveis como no começo e em volta dos mamilos aparece um tom escuro. É bem provável que ainda tenha ânsia de vômitos pela manhã, além de extremo cansaço. O nível de sangue do corpo pode aumentar significativamente.

Sendo assim, a ajuda do médico ainda é bem importante, bem como todo o processo de pré-natal. Além deste cuidado, mantenha uma rotina de consumo de alimentos naturais como os citados no primeiro mês de gravidez, além de complementar a dieta com o ácido fólico, por pelo menos até o terceiro mês.

Beba de 6 a 8 copos de água, suco de frutas ou leite por dia.

3º mês de gravidez

Nesta etapa da gestação, o terceiro mês, é importantíssimo que você continue com o pré-natal e manutenção da dieta, entretanto, é essencial que haja um aumento das vitaminas e minerais, visando nutrição da criança. Assim, continue com hábitos saudáveis e equilibrados.

Pode ser que você já tenha engordado um pouco mais. Mas caso queira entender o quanto a mãe pode engordar na gravidez de um modo saudável, é importante detalhes de um obstetra a fim de verificar se o peso está de acordo ao mês correspondente. Mas, por favor, não entre em pânico por conta desse detalhe, não é a hora de preocupar com isso.

É a partir do terceiro mês que o enjoo e os vômitos começam a diminuir.
Ainda neste período, você pode iniciar atividades físicas como caminhada, por exemplo, que é excelente tanto para a mamãe, quanto para o bebê.

De acordo com os meses da gestação, é essencial que mantenha a preocupação com o pré-natal. Para que o bebê se mantenha forte e persista com esta força até o nascimento, é relevante que a mãe, neste terceiro mês, aumente a ingestão de vitaminas e sais minerais, bem como alimentos naturais, e bastante água.

gravidez do 4 a 6 mes

4º mês de gravidez

No quarto mês de gestação, você já sente os movimentos do bebê dentro da barriga, como chutes. Ainda, é interessante que o feto já engole e pode até ouvir vozes externas. Referente à pele da criança, esta passa a ser rosada e transparente. O cordão umbilical ganha tamanho justamente para trabalhar no transporte do alimento da mãe para o feto.

Apesar das substâncias passadas da mãe para o bebê, não dá para ignorar que algumas não podem fazer tão bem à criança, pois são nocivas, tais como: tabaco, álcool e quaisquer outros tipos de drogas, pois a placenta já está formada, o que auxilia no processo por completo.

No quarto mês de gestação, o feto mede 15 cm e 93 gramas.

Referente a mãe… Você já sentirá mais fome neste período da gravidez, entretanto, a boa noticia é que o enjoo do início da gestação vai desaparecendo aos poucos, e a energia reacende.

É a partir do quarto mês que já vai sentir o bebê mexer.
A barriga aumenta consideravelmente e talvez, você precise já mudar as roupas.
Continue com visitas constantes ao seu médico para continuar com o pré-natal.
Ainda, consuma mais suplementos com ferro, recomendados por médicos.

5º mês de gravidez

A partir do quinto mês a mamãe já começa a notar os movimentos constantes do feto. Ainda, as unhas já cresceram consideravelmente, tanto dos pés quanto das mãos. Também, o bebê dentro da barriga dorme e acorda em horários com intervalos determinados e com regularidade.

Durante o quinto mês o feto cresce a ponto de ao final deste período, medir 25 cm e pesar 245 gramas. Referente às suas percepções, estão os movimentos que o feto fará dentro da barriga, que podem incluir até giros; contate o médico a cada reação que notar sobre estas movimentações.

O seu útero cresceu e agora está até a largura do umbigo. O coração da mamãe bate mais rapidamente. É essencial que procure dormir 8 horas por noite, pois isso ajudará não somente na sua saúde, mas também do bebê. No decorrer do dia, não subestime caso se sinta cansada, descanse quando houver necessidade.
Nesta etapa, é muito importante que a mulher continue com as visitas aos médicos, e a continuidade do pré-natal.

Se caso você tenha o costume maléfico de fumar, beber ou usar drogas, saiba que isto afetará expressivamente o seu bebê. Sendo assim, deixe de lado estes hábitos terríveis e pense um pouco no desenvolvimento da criança que guarda dentro de você, pois é a principal responsável para que ele nasça completamente saudável.
Ainda, mantenha uma dieta com ênfase em nutrientes, e beba muita água, suco e leite.

6º mês de gravidez

Neste ponto da gestação, o bebê já ganha cor avermelhada, além de um aspecto enrugado na pele, e tem pelos bem suaves e finos sobre o rosto.

Ainda, o feto é muito pequeno, e portanto, os pulmões não estão prontos para viver fora da barriga da mãe, apesar de já estar no sexto mês.

Os olhos já se abrem por conta da separação das pálpebras; as linhas dos dedos das mãos e dos pés já passam a ser percebidas.

Ao final do sexto mês, o feto mede 30 cm aproximadamente e pesa 640 gramas.
Você vai passar a sentir os famosos chutes do bebê. Que fofinho!

A barriga passa a coçar na região do abdômen justamente pela elasticidade devido ao crescimento; pode haver dores nas costas. Sendo assim, não use saltos altos, opte por sapatos baixos ou sem nenhum salto.

Mantenha uma rotina de exercícios físicos leves, pois esta prática vai ajudara a amenizar estas possíveis dores. Ainda, é importante não ficar de pé por muito tempo; descanse o suficiente.

Se por acaso sentir dores na região do útero, não se surpreenda, pois é normal que elas apareçam neste período, visto que a região estar esticada.

Neste momento, continue com visitas constantes ao médico e as realizações do pré-natal.Beba mais água e suco, talvez para amenizar os sintomas da prisão de ventre, que pode aparecer a partir do sexto mês. Ainda, consuma mais alimentos com fibra, como as frutas e verduras. E claro, não deixe de praticar exercícios.

Se chegar a ter azia, faça um esforço para alimentar-se de 4 a 5 refeições por dia em quantidades pequenas. Evite tomar medicamentos como laxantes ou antiácidos, a não ser que sejam prescritos pelo médico.

gestacao do 5 ao 9 mes

7º mês de gravidez

Quando você chegar ao sétimo mês de gestação, já começa a reparar evidências concretas de que guarda dentro de si um ser humano e já pode ter aquela ansiedade por conta do pouco tempo que resta para o nascimento do bebê.

Neste momento, o feto já abre e fecha os olhinhos, além de chupar o dedo e até chorar.

Inclusive, é interessante ressaltar que os chutes e movimentações do feto na barriga significam que ele está se exercitando, por mais incrível que possa parecer.
O feto já tem sensibilidade à luz e ao som, tanto que especialistas aconselham que a mamãe e o papai conversem com o bebê, pois esta interação persistirá para depois do nascimento; a criança passa assimilar os sons que vem por meio dos que são importantes e conviverão com ela.

No sétimo mês, o feto mede aproximadamente 40 cm e pesa 1200 gramas. A partir deste momento, é bem provável que se houver o nascimento, o feto já tem condições de sobreviver.

Referente às mudanças no seu corpo, estão pés inchados e tornozelos tanto quanto. Por isso, quando sentir estas instabilidades, deite-se e eleve os pés. Entretanto, se o inchaço persistir por mais de 24 horas, ou talvez se perceber que as mãos e rosto estão inchados também, procure o quanto antes a ajuda de um médico. Neste artigo eu falo e dou dicas sobre o inchaço na gravidez (Clque aqui).

No sétimo mês, podem aparecer no seu corpo as temidas estrias no abdômen e seios, pois obviamente a barriga está crescendo e esticando à medida que o parto se aproxima. Quando der, leia um artigo que escrevi aqui e saiba tudo sobre estrias na gravidez (clicando aqui).

Talvez possa ser que você sinta falsas contrações, chamadas de contrações de Braxton Hicks. Apesar de ser normal estas movimentações neste período, se por acaso ultrapassar o número de 5 contrações por hora, é importante procurar um médico imediatamente.

Tenha cuidado com as possibilidades de cair, por conta da falta de equilíbrio que pode aparecer neste momento.

Qual manutenção precisa manter neste mês?

Continue a visitar o médico e fazer o exame pré-natal.Não pare de comer alimentos naturais e com nutrientes.Saiba que a cada mês você precisa aumentar cerca de 250 gramas, portanto fique de olho no peso.

Durma o bastante para descansar o corpo, que neste momento está sobrecarregado.
Além disso, é um bom momento para que você inicie as aulas de educação de parto.
Ainda, é importante realizar um exame para ver se há a possibilidade de diabetes maternal.

8º mês de gravidez

A cada dia que passa, mais pertinho está o momento em que você finalmente verá o rostinho do seu bebê. E o oitavo mês vem com esta ansiedade, além de outros sintomas.

O cérebro do feto continua crescendo rapidamente. Pelo tamanho do bebê, ele pode continuar a movimentação, porém de um jeito que pode machucar a mãe.

Os ossos da cabeça são flexíveis justamente para facilitar a passagem do bebê pela vagina, que é o canal do parto.

Pode ser ainda que a mamãe veja uma forma de cotovelo ou calcanhar no seu abdômen. Não fique preocupada, pois é somente o seu bebê que está crescendo e perdendo o espaço.

Os pulmões do feto ainda não estão maduros o suficiente, porém o bebê já mede 45 cm e pesa 2500 gramas.

Esse mês, a mãe pode sentir contrações mais fortes.

Diferente do sétimo mês, no oitavo a mamãe pode sentir contrações mais potentes. Ainda, pode ver que sai do peito um pouco de colostro, o liquido que vem antes do leite materno.

Se você tiver problemas para dormir, por conta do incômodo mediante o tamanho da barriga, tente colocar várias almofadas abaixo da cabeça, assim, pode ser que consiga ter melhores noites de sono.

Além de noites de sono ruins, pode ser ainda que encontre dificuldades para respirar, pois o bebê ocupa o espaço em que os pulmões estão localizados. Também, o feto ainda está em grande parte do local em que o estômago está. Neste caso, alimente-se por pequenas porções durante o dia.

No oitavo mês, continue com o exame de pré-natal, além das visitas constantes ao médico.

Não desapegue da dieta rica em alimentos naturais e que contenha nutrientes necessários para o bom desenvolvimento do feto. Beba muita água.

Entretanto, é importante que a mamãe busque ajuda médica imediatamente, caso note:

  • Sangue quando for ao banheiro urinar;
  • Aparecimento de câimbras, dores de estômago ou dor nas costas;
  • Vista embaçada, e manchas nos olhos;
  • Sensação de que o bebe está empurrando para baixo;
  • Perceber que o bebê não está se movimentando tão constantemente;
  • Ter mais de 5 contrações em uma hora;

9º mês de gravidez

Bom, finalmente o nono mês de gravidez! Está chegando a hora!

Neste momento o desenvolvimento do bebe está completo. Os seus pulmões já estão prontos para funcionar sem o auxilio da mamãe. No nono mês, a cada semana, o bebê aumenta 250 gramas por dia.

É nesta hora que o feto desce e coloca a cabeça para baixo, à espera do momento em que sairá da vagina da mãe.

Para que o nascimento aconteça dentro dos conformes, é essencial que o bebê, ao final do nono mês, tenha 3200 gramas e 50 cm de comprimento.

Seu umbigo pode sobressair, como uma pequena protuberância.
Para você, este período que antecede o nascimento pode trazer algumas alterações:

  • Melhora na respiração, pois o bebe já estará em uma posição que não impeça os pulmões de trabalhar melhor;
  • Pode ser que urine com mais frequência;
  • Maior inchaço dos pés e tornozelos;
  • Útero dilatado, preparado para o nascimento;
  • Como sei que já estou em trabalho de parto?
  • Você pode notar que terá o seu bebê o quanto antes se sentir os seguintes sintomas:
  • Contrações a cada 10 minutos;
  • Contrações mais de 5 vezes em uma hora;
  • Contrações que duram de 30 a 70 segundos;
  • Contrações que pioram conforme os movimentos que faz;

Diante destas circunstâncias procure ajuda médica o quanto antes.

É claro que durante os meses de gestação, você precisará analisar qual parto escolherá para ter o seu bebê.

Como sabe, existem várias opções que podem estar dentro das necessidades que têm, referente à dores de parto, recuperação rápida, dentre outras opções.

Sendo assim, converse com o seu médico sobre o que é melhor para você, o seu bebê e a sua família.
Analise tudo e escolha com consciência, mediante informação com fundamento.

Cuide-se na gestação: mês a mês

Como vimos, é muito importante que você mantenha todas as informações acima, caracterizadas pelos meses correspondentes, para que entenda como vai a saúde não somente sua, mas da criança também.

Pode ser que problemas surjam no meio do caminho, mas não descuide dos procedimentos que preservarão o feto e você para o momento do nascimento.

A cada semana, há mudanças consideráveis no desenvolvimento da criança. Sendo assim, não subestime as alterações que possam aparecer, pois você guarda uma vida dentro de si, desde o primeiro mês, momento em que tem um embrião em formação.

Portanto, caso você fume, consome bebidas alcoólicas ou outros tipos de drogas, inclusive remédios, pare com esta prática o quanto antes. Estes hábitos são destrutíveis e nocivos para a criança que tem dentro de si.

Por mais que algumas pessoas subestimem ou até duvidem da verdade em volta de uma manutenção ligada à alimentação e estilo de vida, não caia em mentes tão restritas.

Você viu, conforme explicações do guia de hoje, que por meio da placenta a mãe já envia todo o necessário ao feto, especialmente algum elemento maléfico.

Sendo assim, você acha que um feto em formação pode não se comprometer com tamanha absorção de drogas?

Portanto, se está grávida e nos primeiros meses, pare com estes costumes agora, pois ainda há tempo. Agora, se está pensando em engravidar, acabe com este modo de vida, que traz drogas como costume, meses antes de estar em estado gestacional.

Como vimos, cuidar de um bebê dá trabalho desde o primeiro mês de gestação, tamanha responsabilidade com a vida que trazemos. Portanto, vá sempre ao médico, realize o pré-natal direitinho e cuide da melhor forma deste ser que logo estará entre nós.

Uma outra dica final, caso esteja acima do peso durante a gestação ou com a baixa auto estima, confira o o artigo que escrevi somente sobre como vencia a balança e baixa autoestima durante a gravidez. (clique aqui para ler)

Tenho certeza que com toda a cautela apresentada, além de todos os procedimentos seguidos, o momento do nascimento será sublime!

Fico aqui na torcida e no aguardo por novidades.

Estamos combinadas?

E você, tem mais opiniões sobre o assunto?

Não deixe de compartilhar; o que você envia é extremamente importante para nós.

Mamãe Saudável
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (59 Pontuação: 4,66 em uma média 5)
Loading...

3 Comentários

  1. delma

    gostei muito dessa matéria.Estou com um mês de gravidez e tenho muitas duvidas,acho que normal como é a primeira não tenho experiencias:mas essa matéria mim ajudou bastante.

    Responder
    1. Juliana

      Oi Delma fico feliz por ter ajudado 🙂
      Parabéns pelo bebê, que essa gestação traga muitas alegrias a você!
      Bjus

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *