Inchaço na gravidez: Principais motivos, como tratar

Tempo de leitura: 8 minutos

Saiba como evitar o inchaço na gravidez, com dicas simples e baratas

Olá mamãe, tudo certinho? Hoje eu venho discutir com você um assunto que é a queixa de grande parte das mulheres, durante a sua vida fora da gestação e que normalmente se agrava quando ficam grávida. Estou falando do temido inchaço na gravidez. De cara, vou começar quebrando um mito em torno desse assunto, pois como esse é um assunto bastante discutido, muito do que se fala não é a verdade absoluta, portanto, continue lendo este artigo e saiba o que provoca esse inchaço e descubra algumas dicas bacanas para evitar.

Um grande mito em relação à retenção de líquidos em geral, que provoca o inchaço, é que há retenção de líquidos durante à noite. Mamãe, isso é um mito, pois o que ocorre na verdade é que durante a noite, quando dorme, existe uma redistribuição de líquidos no seu corpo, possibilitada por permanecer deitada por muito tempo e assim ocorrendo com mais facilidade o movimento dos líquidos para as extremidades do corpo, principalmente para as mãos. Entenda então, que não há retenção de líquidos durante à noite, apenas a migração de líquidos, que se redistribuem durante o dia. Compreendeu?

Durante o ciclo menstrual, muitas mulheres também reclamam de retenção de líquidos. E isso realmente ocorre devido a amplitude de oscilação hormonal durante o mês, principalmente do hormônio progesterona, que é o responsável por uma real retenção de líquidos.

Agora vou chegar ao ponto que talvez mais te interessa, o inchaço na gravidez. Esses inchaços ocorrem com mais frequência na segunda metade do ciclo menstrual e sentirá seu reflexo mais frequente nas mamas, no abdome e na pelve. Mas, quando a fecundação não ocorre, há no nosso organismo uma queda hormonal, que elimina os líquidos retidos durante esse período.

Já quando a fecundação ocorre e fica grávida, não há essa diminuição de hormônios no organismo, muito pelo contrário, os hormônios aumentam de quantidade, provocando a manutenção da retenção de líquidos e o inchaço na gravidez.

inchaço na gravidez

Mas, o que provoca o inchaço?

Existem alguns fatores que provocam o inchaço na gravidez e podem ser percebidos normalmente quando você estiver no quinto e sétimo mês da gestação. No quinto mês da sua gestação, o tamanho do útero pode influenciar na retenção de líquido e inchaço na gravidez, pois o bebê está em estado de crescimento, causando a diminuição do fluxo venoso dos membros inferiores para o coração. O sangue presente nos pés e nas pernas, então encontra dificuldade para retornar ao coração.

Alguns tipos de atividades físicas podem ajudar com toda essa circulação. Uma coisa que fiz durante a minha gravidez foi utilizar um programa de uma especialista americana para manter a forma e me sentir melhor, para mim foi ótimo. Segue o artigo sobre como e porque eu optei por mudar minha atitude durante a gravidez e conseguir melhor muita a minha qualidade de vida e a saúde do meu bebê. (Clique aqui para ler)

É comum ver grávidas com pés inchados ao final da gravidez, isso por que a retenção de líquido acomete os membros inferiores no sétimo mês de gestação, decorrente de mudanças hormonais nesta fase. Durante a gestação, também é natural que você passe a produzir mais hormônios e assim o seu sistema linfático vai permanecer mais lento e o seu organismo passará a ter mais dificuldade de drenar o líquido do organismo.

Outro fator que pode causar inchaço na gravidez, além dos fatores mais tradicionais, são as complicações de sua saúde, como o aumento da pressão arterial, a perda de proteínas pela urina e pré-eclâmpsia (doença que tem o parto prematuro como principal consequência e poder trazer riscos para você e para o bebê. Por isso, é tão importante que você que fique sempre atenta aos sintomas da retenção de líquido e informe ao seu médico ginecologista.

Como disse, o inchaço (edema) representa uma acumulação patológica de fluido no tecido subcutâneo. Uma característica comum do inchaço na gravidez é a criação de “buraco momentâneo na pele, ao se pressionar o local.

Tipos de inchaços

Agora considerando o inchaço na gravidez, saiba que existe o tipo de inchaço na gravidez leve, que acontece especialmente nos tornozelos e são mais comum. Isto acontece devido ao aumento do consumo de proteínas durante a gravidez, pois faz parte da construção do feto provocar a maior perda de proteína pela na urina e isso aumenta ligeiramente o inchaço por todo o corpo.

A ação natural do corpo em ter o útero aumentado, pressiona a veia cava inferior (que leva o sangue dos membros inferiores de volta ao coração) e acaba reduzindo o retorno do sangue, podendo, então, também promover o inchaço na gravidez.

No caso do inchaço simétrico, é sempre necessário pensar que pode significar alguma doenças específicas da gravidez, como a pré-eclâmpsia. Ela manifesta-se como aumento do inchaço, junto com um aumento da perda de proteína na urina e um aumento da pressão arterial.

Esta doença se manifesta após a 20ª semana de gravidez. Pode ocorrer repentinamente ou gradualmente. A pré-eclâmpsia pode ser desenvolvida em mulheres previamente saudáveis, ou já pré-dispostas através da hipertensão artéria já pré-existente. Por isso em alguns casos, pode ser necessário uma cesariana, caso contrário, é possível dar à luz de maneira natural.

alimentação leve previne inchaço

Como tratar inchaço na gravidez?

Bom. Agora que já sabe que o inchaço na gravidez é muito comum, vou te dar dicas simples que irão fazer diminuir o seu inchaço.

Evite a ingestão de sal e beba bastante líquido

Você pode diminuir o inchaço na gravidez tomando cuidando com a alimentação e controlando a ingestão de sal. O excesso do consumo de sal é um dos principais causadores da retenção de líquido, então deve-se consumi-lo de forma moderada durante os noves meses. Isso não é algo ruim, pois seu corpo precisa de uma quantidade muito pequena de sal para se manter e a grande maioria das pessoas extrapola o consumo de sal.
Isso pode acontecer através da ingestão de alimentos processados, o que leva à inchaço na gravidez ou edemas nos membros superiores e inferiores da gestante. Então, pegue leve no saleiro e diminua o limite total de sódio para menos de 2.400 miligramas por dia ou 1.500 miligramas e assim fique livre de inchaços indesejados. Além disso, é importante beber bastante líquido, principalmente nos dias quentes. Pois está com o corpo hidratado é essencial para evitar esse inchaço na gravidez.

Não fique em locais quentes e abafados

O calor causa uma dilatação nos vasos sanguíneos e faz com que o sangue circule mais devagar pelo organismo, favorecendo o organismo para que retenha mais líquido do que nos outros dias. Por isso, principalmente no verão, você deve redobrar os cuidados com os locais onde fica. Praia ao final do dia, parques com áreas verdes e praças arejadas são ótimas escolhas.

Usar alimentos com efeito diuréticos

Os alimentos com efeito diuréticos ajudam a controlar o inchaço na gestação, ajudando o corpo a eliminar o excesso de líquidos e a promover uma maior perda de urina e reduzindo assim, a retenção de água no organismo. Alguns alimentos diuréticos naturais são, o Suco de maçã, a Alcachofra, os Aspargos, a Banana, a Beterrabas, o Couve de Bruxelas, o Couve, a Cenouras, o Aipo, o Pepino, as Uvas, o Chá verde, o Alface, os Tomates, a Melancia, o limão, o aipo, o abacaxi, a granola, o damasco e a ameixa, entre outros.

Nem pense em entrar em dietas

Algumas grávidas tentam entrar em dietas desintoxicante para diminuir o inchaço. Mas essa não é uma boa escolha. Nem ouse fazer isso, certo?

Aconselho também exercícios físicos moderados e específicos para gestantes como descrevo neste artigo (clique aqui)

Então, resumindo esse tema de hoje, o que posso garantir para você que está sofrendo com o inchaço na gravidez é que esse inchaço é apenas momentâneo e se você tomar os cuidados citei acima, seguir as dicas, eles não irão te trazer sequelas no futuro. Portanto, foque nos cuidados e fique bem!

Espero que tenha gostado e aprendido um pouco mais sobre essa fase tão cheias de descobertas.

Curtam, comentem e compartilhem!

Beijos bem grandão!

Mamãe Saudável
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (69 Pontuação: 4,80 em uma média 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *