Os melhores exercícios físicos para grávidas

Tempo de leitura: 10 minutos

Olá, grávida linda! Tudo certinho mamãe?

Neste texto de hoje, vou falar um pouco sobre os melhores exercícios físicos que você deve fazer para manter a saúde durante esse período que como sempre falo, é muito importante e requer cuidados especiais para melhorar a qualidade da sua saúde e do bebê. Então, aproveite tudo que vou escrever com muito carinho.

Acredito que você já deve saber que os exercícios físicos são importantes para a saúde de qualquer pessoa, isso de fato não é uma novidade para ninguém que a prática de atividades traz muitos benefícios à saúde, como a diminuição de gordura, tonificação muscular, ganho de massa magra, entre outros muitos benefícios e pode ser feito em qualquer fase da vida.

Quando falamos da saúde da mulher, em especial a saúde da mulher na gravidez, abrimos uma nova categoria para se movimentar, os chamados exercícios para grávidas. Esses exercícios podem ser ginástica e exercícios da academia, desde que adaptados à sua condição de saúde, levando em conta os meses da sua gestação.

gravida se exercitando

Dessa forma está tentando trazer o melhor de cada exercícios, para que a prática dele possa ser feita sem prejudicar seu corpo ou seu bebê e trazendo todos os benefícios necessários para a saúde e até mesmo uma compreensão de que se movimentar faz muito bem. Será visível as boas sensações!

O maior problema da mãe durante a gravidez está na mudança da localização do seu centro de gravidade, por conta do aumento de peso e da barriga. Essa não adaptação ao seu novo centro gravidade, causa a formação da má postura e coluna vertebral pode ser bastante comprometida. Por esta razão, você deve praticar exercícios (sob o controle de um médico especialista em exercícios) e um instrutor de fitness por toda a gravidez.

Praticando exercícios para a gravidez, a grávida conhece as novas mudanças que ocorreram no seu corpo, e procuram se adaptarem a elas e assim também ao seu novo centro de gravidade. Ficará muito mais fácil de você corrigir a sua postura e ainda terá a grande vantagem de ao final da sua gravidez não ter ganhado tanto peso, conseguindo voltar ao seu peso normal com maior facilidade. Viu que beleza?

No começo da minha gestação tive problemas com a obesidade e com a baixa autoestima. Neste artigo (clique aqui) eu descrevo passo-a-passo como eu consegui vencer a balança e me sentir tremendamente melhor durante minha gestação, recomendo muito a leitura caso esteja passando por problemas parecidos:

Durante os primeiros 3 meses da sua gravidez, recomenda-se que você faça exercícios de curta duração. Faça-se nesse período, apenas fortalecer a espinha dorsal com exercícios voltados a esse objetivo. Para as mulheres grávidas durante esse período, é recomendado fazer pilates e/ou yoga, que são exercícios para gestante que não desgastam tanto e são muito benéficos. Se estava com dúvida, está aí uma boa dica!

Os exercícios até os 3 meses de gravidez não são intensos, por que durante esse período da gravidez o risco de perder o bebê é maior (até o terceiro mês). Por isso, recomenda-se fazer exercícios e atividades que favoreçam a regulação da postura e ao movimento dos músculos, mas nada que vá fazer a gestante praticar esforços muito intensos.

Se você já está com 3 até 6 meses de gravidez, recomenda-se a prática de exercícios de intensidade moderada como o ciclismo, a caminhada, passeios e exercícios de grupo ao ar livre. Além desses, pilates e yoga também vai ser muito útil para manter a saúde da grávida sem prejudicar sua saúde.

Exercícios como o levantamento de peso são prejudiciais ao bebê. Isto pode impedir a passagem de oxigênio para o bebê e portanto, esse exercício deve ser evitado. Exercícios nas posições lateral e posição sentada são as mais confiáveis para a mãe e o bebê.

No período dos 6 aos 9 meses, é o último período de formação do bebê e é quando o seu ventre cresce na maior parte do tempo. Os exercícios devem ser adaptados somente para a posição sentada, para que assim possa proteger o bebê. Deve-se dar ênfase também para fazer os exercícios que aumentam a força na pélvis e que irão ajudar no momento do parto.

Exercícios como os já praticados no primeiro e no segundo período (citados acima) como o pilates e a caminhada, são os exercícios mais indicados para essa fase da gestação, trazendo muitos benefícios para a grávida e por esse motivo não deve ser desprezado.

Como já falei a gravidez é um período onde o corpo da gestante é levado a várias mudanças, tanto em questão hormonal (questões internas), quanto em questões fisiológicas (questões externas) como aumento dos volumes da barriga, dos seios, das pernas e dos quadris, além das mudanças na força da sua musculatura e do seu esqueleto em geral.

Por esta razão, é muito comum que reclame durante o seu período de gravidez, de fortes dores na lombar. Quem nunca viu uma grávida andando com a mão apoiada na lombar e com aquela expressão característica de dor?! Isso acontece principalmente, por que durante esse período de gravidez, você têm um certo grau de relaxamento nas suas articulações e isso acaba provocando algumas dores na lombar e em outros locais como pernas e costas.

Esse relaxamento das articulações também é um fator de risco para quedas, pois como as articulações não estão tão fortes quanto costumavam ser, as futuras mães podem se desequilibrar e cair facilmente. Os exercícios para gestante irão ajudar a tonificar novamente essas articulações e ajudar na prevenção de quedas e dores.

Esse relaxamento das articulações também é um fator de risco para a formação de edemas nas regiões das extremidades como as mãos e os tornozelos. Por isso que o combate ao relaxamento das articulações e o fortalecimento da pélvis são questões que não deve ser negligenciado e não podem ser deixadas para quando estiver muito perto do parto. O exercício mais seguro para ser feito neste momento é pilates.

Principais exercícios para gestante:

tipos de exercicios na gravidez

Hidroginástica

De acordo com os educadores físicos e os médicos, essa atividade trabalha força, a parte cardiovascular e a resistência muscular. Ela é super indicado, pois a água consegue “tira” o peso do corpo e fica bem mais fácil, reduzir o impacto e fazer a atividade.

Musculação

Esses é um exercício que ajudam o fortalecimento do corpo como um todo. De acordo com os educadores físicos e os médicos ressalta-se a importância desta modalidade, para se controlar a pressão arterial e a frequência cardíaca. Mas a gestante não pode “pegar pesado”, pois de acordo com os médicos a frequência do bebê já é muito alta e se a mãe “pegar pesado” pode aumentar ainda mais.

Ioga

Ótima atividade para melhorar a respiração da gestante. Além de ser benefícios para o relaxamento corporal e o fortalecimento da pelve. De acordo com os educadores físicos e os médicos a gestante deve escolher escolas que tem aulas específicas para gestantes.

Natação

De acordo com os educadores físicos e os médicos, a natação além de trabalhar a parte cardiovascular, é um exercício de baixo impacto e que move com todos os músculos.

Alongamento

O alongamento é muito importante, pois com a maturidade gestacional, vão acontecendo mudanças com relação à gravidade e o centro de equilíbrio da grávida acaba mudando, de acordo com os educadores físicos e os médicos especializados nas mulheres que estão no estado de gestação. Então o alongamento alivia muito as dores.

Pilates

Quem já pratica pilates antes da gravidez, ao descobrir que será mamãe, não precisa parar. Mas, de acordo com os educadores físicos e os médicos especializados nas mulheres que estão no estado de gestação, você deve tomar cuidado com os exercícios que focam na isometria muscular e algumas posições que podem ser bastantes incômodas para a gestante praticar.

Pilates durante a gravidez faz bem para os bebês também

De acordo com os educadores físicos e os médicos, os exercícios de pilates ajudam no sistema circulatório da mãe e o ensino correto do uso do diafragma aumenta a capacidade de oxigênio. Isso permite que aumente a entrega de nutrientes ao bebê e permita uma alimentação do bebê com mais oxigênio.

Também de acordo com os educadores físicos e os médicos especializados nas mulheres que estão no estado de gestação, os batimentos cardíacos dos bebês de mães que fazem pilates durante a gravidez, tem um sistema nervoso mais autônomo e controla a sua respiração e os seus órgãos internos de forma melhor.

Abdominal

De acordo com os educadores físicos e os médicos especializados nas mulheres que estão no estado de gestação, os exercícios focados em músculos da região abdominal são indicados para fortalecer a região e trazem muitos benefícios, em especial, para aquelas as mulheres que optam por ter um parto normal. A prática também previne o surgimento das dores na coluna e ainda facilita a recuperação da barriga depois do parto.

Caminhada

A caminhada é recomendada do começo ao fim da gravidez, por seus benefícios gerais, de acordo com os educadores físicos e os médicos especializados nas mulheres grávidas.

Coso queira um programa mais organizado e um passo-a-passo de um especialista, eu sugiro a leitura deste artigo (clique aqui) nele eu descrevo qual eu utilizei e como estou bem até hoje.

Essas foram as minhas dicas e espero que aproveite ao máximo tudo que escrevi. Estou aqui, se preocupando junto contigo para te deixar o mais tranquila possível nesse momento mais que especial da sua vida.

Se gostou do assunto, curte, comenta e compartilha.

Beijos!

Mamãe Saudável
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (88 Pontuação: 4,80 em uma média 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *